quinta-feira, 25 de junho de 2009

Abismo

Vai doer,
Mas vou arrancar o que me faz sofrer,
Nem que tenha que cravar as unhas,
Esfolar até sangrar, mas vai sair,
Vai passar...
Talvez um dia, com calma, esqueça.
E entenda porque me fizes-te sonhar tão alto com este amor,
E depois despencar neste abismo de...nada.

4 comentários:

Moonlight disse...

Ricardo,
Em relação ao teu poema "Amor,Odio",
sem duvida alguma que este teu poema é maravilhoso.Duma intensidade enorme.
E acredita que deveras bonito e real.
Grande momento de poesia me brindas-te,adorei e digo-te que sim...por vezes sinto-me assim..."Onde permaneço Eu"
Posso postar este poema no meu cantinho com tua autorização e eu indicando o teu blog?Gostaria muito,mas se não gostares da ideia não tem problema eu entendo e continuamos amigos.

Um bj cheio de luar

ŁǺи¥ disse...

Verdade... "porque me fizes-te sonhar tão alto com este amor,
E depois despencar neste abismo de... nada." Porque...?

Me encontro em tuas palavras...

Parabéns pelo blog!

Abraço

Whispers disse...

Ola!

Vim do blog da nossa amiga Monnlight.
Gostei de te ler.

Na vida existe muita gente que gosta de fazer sonhar,pra depois tirar o tapete debaixo dos pes.

Mas eh a vida e temos que aprender a reconhecer os sonhos e em quem os plantamos.

Beijinhos mil
Whispers

Ricardo Gonçalves disse...

Querida MOONLIGHT tens toda a autorização, para o fazeres, obrigado pelo apoio, bjs fofos com carinho