quarta-feira, 11 de março de 2009

É De Amor Que Morro

Hoje descobri que é de amor que morro
E sempre será de amor que morrerei
Amores e amores, de amores morrerei
De amor eu morro
Porque amor eu encontrei

Feliz de quem sentir saudade
Feliz de quem sentir tristeza
Recordando momentos de felicidade
Lembrando do amor e sua beleza

Descobri que de amor morri
E senti saudades dos momentos que vivi
Saudades e saudades, muitas saudades sentirei
De amor eu morro
Por amor eu te amei

Triste de mim por lembrar do que é triste
Triste de mim por pensar que estou sozinho
O meu amor ainda existe
Mas ainda sinto falta do teu carinho

1 comentário:

Lili disse...

No outro dia disseram-me "No fim tudo dá certo, se ainda não deu é porque ainda não chegou o fim..." Pensa nisso!

Saudades... É bom ter saudades, significa que já viveste momentos fantásticos e quem sabe não irás viver outros ainda mais fantásticos.
É complicado pensar positivo, ter esperança mas se não o fizermos o que será de nós? Se não o fizeres o que será de nós?